R. Comendador Xisto Araripe Paraiso, 270 - Itupeva - SP    contato@centroanimalis.vet.br (11) 4496-2710

Cuidado com a saúde bucal de cães e gatos

  18/11/2020

Para manter um animal de estimação saudável, cuidar da sua saúde bucal é muito importante. Isso porque um cão ou gato com problemas de saúde bucal terá a sua saúde geral comprometida, impactando em sua expectativa de vida.

 

Para que a saúde bucal do animal fique sempre em dia, recomenda-se consultas periódicas com o médico veterinário, uso de brinquedos funcionais, enxaguantes bucais, rações e escovação com cremes dentais especializados pelo menos três vezes por semana e se necessário a limpeza dos tártaros acumulados anualmente pelo med veterinário.

 

Em casa, o dono deve observar se o animal tem mau hálito, por exemplo, que ocorre geralmente pela presença da placa bacteriana (o tártaro), que se acumula sobre os dentes.

 

Outro alerta é para os cães pequenos e idosos: a doença peridontal é mais comum neles, e se desenvolve rapidamente se a higienização do local não for feita regularmente e com cuidado. Os pequeninos tem mais probabilidade de desenvolver o problema, pois possuem uma maior facilidade no acúmulo de comida e formação do tártaro. 

 

A placa bacteriana (tártaro) é composta por proteínas, células mortas e de descamação, saliva, resto de alimentos e bactérias. Após o processo de fermentação, esses fatores produzem substâncias responsáveis pelo bafo do animal (o mau hálito). Em muitos casos, essas substâncias podem causar as doenças periodontais. 

 

As doenças periodontais afeta cerca de 80% dos cães e gatos adultos.

 

QUAIS SÃO AS DOENÇAS PERIODONTAIS QUE O TARTARO PODE CAUSAR

 

  • Periodontite: inflamação na gengiva , ocorre quando o tártaro se acumula, acarretando inflamação e retração gengival (com ou sem sangramento);
  • Lesão Reabsortiva dos Felinos (LRF): considerada como a cárie dos gatos, ela pode ocasionar a reabsorção dos dentes do animal e deixá-los mais frágeis e predispostos a fraturas;
  • Fratura dentária: o trauma expõe a polpa do dente, estrutura interna constituída por vasos sanguíneos e nervos, e costuma acontecer mais nos dentes caninos.
  • Complexo Gengivite-Estomatite-Faringite (CGEF): é caracterizada por lesões hiperêmicas (com sangramento) que formam úlceras na região dos arcos glossopalatinos, uma parte mais posterior da boca do gatinho.
  • Fraturas em mandíbula e maxilar : em animais idosos, ocorre absorção óssea na mandíbula e maxilar , devido a infeção gerada pelo tártaro, essa absorção , torna o osso mais frágil , gerando fraturas difíceis de serem corrigidas.
  • Fistulas gengivais : com infecção da gengiva e osso periodontal e queda dos dentes, permanecem algumas fistulas, que criam uma comunicação com o nariz , essa comunicação permite a entrada de saliva e restos de alimentos, gerando muitas vezes aspiração e infecção das vias respiratórias superiores.

 

 

Outras doenças comuns , decorrentes das complicações geradas pelas doenças periodontais são as complicações cardíacas, gástricas, hepática e renal, apesar de parecer inofensiva e localizada, a infecção gerada nas doenças periodontais são responsáveis por muitas complicações sistêmicas nos pacientes.     

 


Voltar

CONTATO



R. Comendador Xisto Araripe Paraiso, 270 - Jardim Primavera, Itupeva, São Paulo

+55 (11) 4496 - 2710

contato@centroanimalis.vet.br

NOVO HORÁRIO

Seg. à Sex. 8:00 às 23:00
Sab. e Dom. 24hrs

PLANOS DE SAÚDE:

COPYRIGHTS © CENTRO VETERINÁRIO ANIMALIS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.